Desenvolvimento Pessoal: 10 Livros Magistrais (e em Português)

Desenvolvimento Pessoal: 10 Livros Magistrais (e em Português)

Desenvolvimento Pessoal: 10 dicas quentes

Já compartilhamos neste blog títulos de livros em inglês sobre empreendedorismo e negócios. Agora é vez dos títulos em português de livros sobre desenvolvimento pessoal (mas que não deixam de servir ao propósito dos negócios também). Inspirado no Lifehack (veja mais títulos interessantes no artigo em inglês), separamos 10 livros magistrais para renovar a estante e arejar a mente:

Você não é tão esperto quanto pensa, de David McRaney

“Se você ver muitas notícias sobre ataques de tubarão, pode pensar: ‘Meu Deus, os tubarões estão fora de controle’. O que você deve pensar é ‘Meu Deus, o noticiário gosta de divulgar matérias sobre ataques de tubarão’”

Enquanto o título pode parecer um pouco infame, este livro destina-se a celebrar a nossa natureza irracional, e explica a psiquê humana de uma maneira divertida. O livro é uma adaptação do blog youarenotsosmart.com e investiga como nos comportamos em situações de risco, geralmente preferindo a procrastinação à verdade. O autor reúne até mesmo comprovações científicas para provar que costumamos trabalhar muito tempo no piloto automático ao invés de refletir sobre as ações do cotidiano com maior cuidado e bom senso.

O lado bom da irracionalidade, de Dan Ariely

“Upton Sinclair certa vez observou: “é difícil fazer um homem entender algo quando seu salário depende disso”

Esta é uma outra leitura sobre a irracionalidade humana, novamente com um final positivo. O autor, economista, oferece uma visão sobre o comportamento humano nas relações e ambiente de trabalho. Ele também cobre as fascinantes razões subjacentes pelas quais os os serem humanos procrastinam e impedem seu desenvolvimento pessoal.

O ponto da virada, de Malcolm Gladwell

“A emoção é contagiosa”

Em uma era de vídeos virais no YouTube, conteúdos e ideias, “O ponto da virada” explora uma questão relevante: o que faz com que algo se torne viral? O livro cobre o assunto de uma maneira universal, útil para os negócios ou para quem tem uma ideia promissora na cabeça que tenha intenção de tornar viral.

A revolução da atenção, de Alan Wallace

“A meditação é um ato de equilíbrio entre a atenção e o relaxamento”

Fazendo um contraponto entre o budismo e a ciência, este livro transmite perfeitamente a importância de uma habilidade subestimada: a atenção. Wallace mostra como níveis profundos de atenção podem ser alcançados por meio da meditação, e como ela pode mudar nossas vidas para atingirmos um outro plano de desenvolvimento pessoal.

A Hipótese da Felicidade, de Jonathan Haidt

“Se você está apaixonado e quer comemorar a sua paixão, leia poesia. Se o seu ardor se acalmou e você quer entender a evolução do seu relacionamento, investigue a psicologia. Mas se você tiver acabado de terminar um relacionamento e gostaria de acreditar que você está melhor sem amor, mergulhe na filosofia”

O livro mergulha na história para extrair sabedoria e orientação para os tempos modernos. Numa perspectiva psicológica para determinar como a felicidade é alcançada, este livro nos lembra a sabedoria ocultada em verdades básicas, um caminho para nosso desenvolvimento pessoal.

Tábula rasa: a negação contemporânea da natureza humana, de Steven Pinker

“A existência material humana é limitada por ideias, não por coisas”

As percepções ultra lógicas do autor descortinam alguns dos equívocos e perguntas mais comuns sobre a natureza humana. Pinker aborda uma série de tópicos, incluindo política, família e arte, explicando como as crenças comuns têm distorcido a verdade sobre quem somos como espécie, dificultando nosso desenvolvimento pessoal.

Pessoa Altamente Sensível, de Elaine N. Aron

“As pessoas altamente sensíveis são cautelosas, introspectivas e precisam de mais tempo para ficarem sozinhas. Como as pessoas sem esse traço em comum (a maioria) não entendem isso, elas nos vêem como tímidos, fracos, ou, o maior pecado de todos, anti-sociais. Temendo esses rótulos, tentamos ser como os outros. Mas isso leva a nos tornarmos angustiados. Então isso acaba nos rotulando de neuróticos ou loucos, primeiro pelos outros e, em seguida, por nós mesmos”.

“Pessoa Altamente Sensível” é uma boa leitura para quem quer acalmar a superestimulação e a ansiedade. No entanto, para aqueles que não fazem parte desse grupo, o livro serve como um guia para ajudar a enriquecer as interações com os que fazem parte desse grupo.

O poder do agora, de Eckhart Tolle

“O passado oferece uma identidade e o futuro mantém a promessa de salvação, de realização, sob qualquer forma. Ambos baseiam-se em ilusões”

Um best-seller também aqui no Brasil, “O poder do agora” é um guia para o crescimento e iluminação espiritual. O autor revela como moldamos nosso relacionamento com a experiência da dor. Com dicas e exercícios, o autor propõe um caminho para a retomada do controle da mente.

Apesar do medo, de Susan Jeffers

“A única forma de nos sentirmos melhor a respeito de nós mesmos é sair da situação de conforto e enfrentar a realidade”

Jeffers oferece uma abordagem direta para superar o medo em qualquer área da vida. Enquanto possa não haver uma maneira de eliminá-lo, podemos agir apesar do medo. Este livro irá ajudá-lo a afastar-se de uma mentalidade de vítima para colocar-se no lugar do poder.

A arte da felicidade, de Dalai Lama

“Se você deseja que os outros sejam felizes, pratique a compaixão. Se deseja ser feliz, pratique a compaixão”

A arte da felicidade é um guia prático para a libertação e desenvolvimento pessoal. Dalai Lama narra histórias e exemplos de como podemos suportar os revezes do cotidiano sem, contudo, abalar ou ferir nossa paz interior.

Deixe uma resposta

[index]
[index]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]