6 Formas de Seguir Adiante Quando a Melhor Alternativa Parece Ser Desistir de Tudo

6 Formas de Seguir Adiante Quando a Melhor Alternativa Parece Ser Desistir de Tudo

Não importa quem somos, há momentos nos sentimos “para baixo”, quando as coisas parecerão difíceis, duras demais e pensamos simplesmente em desistir. Mas não se engane: pessoas consideradas bem-sucedidas também têm o mesmo problema. Elas enfrentam momentos em que se sentem para baixo, presas na vida e com vontade de sumir. A única diferença entre essas pessoas e pessoas comuns está na forma como as primeiras lidam com essa situação tão desagradável. Oferecemos, então, nessa última semana do duro mês de agosto – conhecido como o “mês do desgosto”, pelo célebre ditado popular – algumas formas de “sair da fossa”:

1. Repense o que deseja para si

Em primeiro lugar, por quê você faz o que faz? Por que deseja alcançar seu objetivo? Por que deseja ser financeiramente rico? Por que deseja ser um milionário? Lembre-se sempre: as razões por trás das suas metas serão a sua força motriz. E o quão forte é essa força será determinado pelo quão emocional e forte são suas razões. Em outras palavras, a maioria das pessoas não está verdadeiramente comprometida com seus objetivos, simplesmente porque não têm um forte motivo para conduzi-los. Não alcançar os objetivos é algo que não importa para elas. Agora, quando o propósito por trás de algo é forte e emocional, você fará o que for preciso para realizar a tarefa.

O que você pode fazer: antes de desistir, pense na razão pela qual começou a investir em seus objetivos. Repense o que deseja para si e certifique-se se as razões por trás disso são fortes e emocionais o suficiente para ajudar a conquistar o que você deseja na vida.

2. Lembre-se das suas realizações

Quando estiver se sentindo “para baixo”, pense em todas as coisas que já realizou. Não importa quem você é e o que tem feito, certamente se olhar para trás encontrará conquistas na sua vida. Se afirmar que não possui realizações, pense de novo. E aprenda a técnica de comemorar suas vitórias. Independentemente da vitória ser grande ou pequena, apenas comemore. Isso é importante porque quando nos sentimos para baixo e com vontade de abandonar tudo, certamente estará em um estado emocional ruim e nutrindo pensamentos negativos. E você nunca irá se sentir bem sobre qualquer coisa se continuar nesse estado. Já quando mudamos os sentimentos, mudamos também o pensamento e o estado de espírito. E quando você estiver se sentindo bem, grandes coisas virão até você.

É por isso que você precisa constantemente lembrar-se de suas realizações e comemorar todas as suas conquistas, grandes ou pequenas.

O que você pode fazer: anote todas as suas realizações em um bloco de notas. Você pode escrevê-las, desenhá-las ou até mesmo emprestar imagens relevantes e colá-las em seu bloco de notas. E consulte-o sempre, especialmente nos momentos de angústia e frustação.

 

3. Compreender que as dificuldades e obstáculos são necessários

Esta é apenas uma lei natural que você precisa entender. Aprendemos mais pelas falhas e obstáculos do que através de sucesso e vitórias. Muitas vezes, é somente quando um relacionamento se rompe que nós aprendemos a apreciar o outro. Aprendemos a importância do dinheiro, quando não temos nenhum no bolso. E é por isso que o sucesso é um péssimo professor: aprendemos mais com os nossos fracassos.

Se você nunca falhou antes, precisa trabalhar de forma inteligente e aprender com os fracassos e experiências dos outros. Veja o caso de Michael Jordan, o grande jogador de basquete de todos os tempos. Ele perdeu mais de 9.000 cestas em sua carreira. Sua equipe confiou-lhe a cesta da vitória e ele falhou; não só uma vez, mas 26 vezes. Jordan disse que falhou sucessivas vezes, razão pela qual saiu-se vitorioso no final. Todo grande líder e cada pessoa bem sucedida terá que passar por esse processo, inclusive você. Procure entender que as dificuldades e os obstáculos são necessários.

O que você pode fazer: nunca perca a esperança, continue trabalhando e melhorando suas estratégias, aprendendo com seus contratempos e obstáculos. Acima de tudo, nunca desista.

 

4. Mantenha o foco naquilo que você faz de melhor

Pare de pensar em desistir ou se preocupar se as coisas nunca darão certo. Em vez disso, pense no que você faz de melhor e apenas faça o que precisa ser feito. Quando enfrentamos tempos difíceis, nunca devemos nos preocupar ou pensar sobre o quão ruim a situação será (embora façamos isso o tempo todo). A preocupação não será capaz de tirá-lo da situação, e manter o foco no problema, pasme, também não irá ajudar. O que você tem a fazer é sair dessa armadilha e se concentrar naquilo que faz melhor.

Bill Gates sempre manteve seu foco em desenvolver o melhor software, ele nunca realmente se preocupava muito sobre como lidar com objeções e reclamações de seus clientes. Isso porque ele sabia que o desenvolvimento de software era o que ele fazia de melhor (e não porque não se importava com seus clientes). Ele só precisava se concentrar em criar o melhor software que agregaria valor à vida das pessoas. As queixas dos clientes seriam tratadas por outras pessoas: sua equipe de funcionários.

Você não tem que desistir de seus sonhos ou objetivos. Deixe de lado os pensamentos e sentimentos negativos que o fazem infeliz e mude sua cabeça para coisas positivas e que o façam sentir-se bem, fazendo o que você ama.

O que você pode fazer: tome uma atitude e concentre nas coisas que o moverão para fora do loop negativo de pensamentos. Não se concentre no problema. Em vez disso, pense na solução, trabalhando em coisas que o mantenham apaixonado e estimulado.

5. Areje suas ideias

Quando o mundo ao seu redor parece desmoronar, talvez seja hora de sair do furacão e arejar a cabeça. Não podemos pensar se estivermos presos em um padrão de pensamento danoso. O que você tem a fazer é sair disso. Então areje suas ideias. Quando começar a se preocupar que as coisas não vão bem e pensar em desistir, talvez seja o momento de dar um passeio, fazer aquela viagem, ter uma boa noite de sono sem pensar em mais nada, ou fazer algo totalmente não relacionado com o problema – nem que seja ir ao cinema, por exemplo.

Esta pode ser uma ótima estratégia para superar os obstáculos que você enfrenta. Se estivesse perdido em uma selva e não soubesse qual direção seguir, o que faria? Talvez tentasse chegar a um lugar mais alto para que pudesse ver o problema de outro ângulo e então decidir qual direção seguir, certo? Então saia do labirinto fazendo algo não relacionado. Pare de pensar no problema. E quando você parar de pensar nos problemas, as soluções podem aparecer automaticamente para você.

O que você pode fazer: faça algo para “limpar” sua mente. Dê um passeio no jardim, durma um pouco, saboreie sua comida favorita, assista a um filme, pedale, faça caminhadas etc. Vale até mesmo tirar umas férias ou viajar para outro país, se você quiser/puder.

6. Você não está sozinho

Lembre-se sempre que você não está sozinho. Há muitas pessoas ao seu redor para ajudá-lo e apoiá-lo – e não apenas pessoas na mesma condição de desânimo que você. Uma das maneiras mais interessantes de dar a volta por cima é ler livros motivacionais. Se você ainda não leu nenhum desses livros antes, procure ler a biografia de Arnold Schwarzenegger, a história de sucesso de Richard Branson, leia sobre Nick Vujicic, sobre Steve Jobs, e leia livros de Anthony Robbins. Há tantos grandes livros esperando por você, e você só precisa de 30 minutos a uma hora por dia para lê-los. Quem sabe antes de dormir?

Além de livros, você pode buscar mentores ou pessoas que podem lhe dar apoio mental. Quando você fala com pessoas positivas, se sentirá influenciado pela positividade e seus pensamentos se tornarão mais brilhantes. Agora, se se misturar com pessoas negativas, irá desistir mais cedo e jogar a toalha mais rápido. Por isso, se misture e interaja com pessoas que pensem de forma positiva.

O que você pode fazer: siga para a livraria mais próxima, compre alguns livros motivacionais e se comprometa com 30 minutos a uma hora por dia para lê-los. Fale e mantenha uma rede de pessoas positivas que possam apoiá-lo. Obtenha um mentor e mergulhe em uma piscina de energia positiva.

Fonte: Lifehack

 

Deixe uma resposta

[index]
[index]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]