As 6 Lições Essenciais do Gerenciamento de Produto

As 6 Lições Essenciais do Gerenciamento de Produto

Hunter Walk é especialista em gerenciamento de produto, tendo sido líder de produto no Second Life e no YouTube, e bastante experiente na criação de produtos que geraram mais de 1 bilhão em receita e pageviews. Hunter lista o que pra ele seriam as 6 lições essenciais do gerenciamento de produto que podem guiar um projeto rumo ao sucesso:

1. Em 140 caracteres ou menos, o que é gerenciamento de produto?
Construção. Comunicação. Ajuda. Simplificação. Colaboração. Liderança. (Às vezes um pouco de dor também).

2. Vamos supor que o produto em questão seja um relógio. Quais seriam os tipos de questões que um gerente de produto faria? Quais seriam suas responsabilidades?
As metas de um gerente de produto são as mesmas, esteja ele gerenciando um site ou um relógio: ou seja, é ajudar sua equipe a criar um produto que seja desejado pela comunidade.

No primeiro dia, perguntaria:

– Que relógios estamos fazendo hoje em dia e quem os compra?
– Quem é o cliente para este novo relógio e quais são as suas necessidades (tempo, moda, precisão, confiabilidade/durabilidade etc)
– Existe uma equipe multifuncional que já trabalha neste produto? Se não, vamos criar uma.

Algumas das responsabilidades do gerente de produto incluiriam:
– Garantir que todos os que trabalham no projeto entendem quem é o cliente, e quais são os objetivos do produto;
– Certificar-se de que a equipe esteja devidamente embasada para atingir seus objetivos. Será que cada item de trabalho tem um responsável?
– Gerenciar um processo de design e aprovação que impulsiona a colaboração e a multidisciplinariedade

3. Uma das partes mais importantes do gerenciamento de produto é…
Passar um tempo com a comunidade. Atender às pessoas que realmente usam o produto e ouvir que eles acreditam que seja o “bom”, o “mau”, e o “feio” sobre ele.

4. Como explicar a diferença entre gerenciamento de projeto e gerenciamento de produto para uma criança de 5 anos?
O gerenciamento de projeto assegura que o trem parte na hora certa; o gerenciamento de produto ajuda a projetar o trem. Alguns percalços comuns que tendem a acontecer quando uma equipe precisa de um gerente de produto é achar que todos os membros compartilham a mesma visão, mas na verdade possuem prioridades ou pontos de vista muito diferentes. Os produtos crescem de forma excessivamente complexa, porque todo mundo tem uma característica que julga favorita ou prioritária no desenvolvimento. Com isso, designers e engenheiros talentosos acabam muitas vezes perdem tempo coordenando outros grupos, negociando com os vendedores etc.

5. Quais seriam as fontes de informações para alguém interessado em começar na área?
A leitura, ou a teria, não é exatamente a chave do processo aqui, mas sim a prática e a troca de informações. Uma boa sugestão seria tomar seu produto favorito e começar a blogar sobre como ele poderia ser melhorado. Dito isto, os sites SVPG e Quora’s Product Management são boas fontes de inspiração.

6. Conselhos para um aspirante a gerente de produto?
Una-se a pessoas e construa algo. Em empresas reais, você serve como um gerente de produto a pedido dos engenheiros e designers. Você precisa ganhar confiança e respeito. E não há uma maneira de ser um gerente de produto de sucesso sem uma equipe de sucesso.

Fonte: LinkedIn Articles

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

[index]
[index]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]