24h

Todos os dias

Rua Tenerife, 31 - 4º Andar

Vila Olímpia - São Paulo

(11) 3044-0710 / 3847-8920

contato@cwosp.com.br

Comparar listagens

5 Formas de Fazer a Ansiedade Trabalhar a Seu Favor, e Não o Contrário

É preciso lembrar que a ansiedade é, na sua essência, sempre algo associados a nossos pensamentos. A ansiedade é o medo de algo que pode acontecer no futuro. Alguma vez você já se preocupou com coisas que ainda não aconteceram? É a ansiedade bem ali, agindo. É normal nos sentirmos às vezes preocupados sobre eventos futuros, logo, faça com que a ansiedade trabalhe para você e não contra você.

Use sua ansiedade para identificar mudanças positivas que você precisa fazer

Ninguém gosta de se sentir estressado ou ansioso. Lembre-se sempre que a ansiedade é simplesmente uma das placas de sinalização da natureza para a mudança. Você pode sentir que o coração bate mais forte, sente um pouco sem fôlego ou uma sensação estranha na barriga. Estes sintomas de ansiedade ocorrem porque sua mente está preocupada com algo e deseja que você encontre uma solução. Nos tempos antigos a ansiedade era geralmente associada a um perigo iminente. Para os nossos antepassados ​​a solução era ficar e lutar ou escapar e fugir. Hoje ainda respondemos com ansiedade aos eventos que nos parecem preocupantes.

No mundo estressante de hoje, os nossos medos são mais sobre trabalho, família ou questões pessoais do que qualquer perigo iminente. Considere o que é realmente o preocupa e, em seguida, crie um plano de ação para lidar com a fonte de estresse. Se você está ansioso sobre um exame ou apresentação do trabalho, sente-se e prepare-se por inteiro. Lembre-se que a ansiedade é reduzida quando sabemos claramente como lidar com a situação estressante.

 

Use sua ansiedade para identificar o que é importante para você

Alguma vez você já ficou irritado sobre algo de que não gosta? Essa foi uma pergunta capciosa, é claro! Nós só sentimos preocupação com as pessoas ou eventos que realmente importam. Se você não ama alguém, você não se preocupa com a sua segurança. Se você não deseja o novo trabalho, então você não ficará nervoso para a entrevista. Se você se sente culpado por não estar motivado para fazer uma atividade ou projeto, talvez não use isso como uma vara para se auto-punir. Sua falta de preocupação nem sempre é a preguiça. Se a atividade for muito significativa para você, então você estaria realmente motivado a agir. Aqui a sua falta de ansiedade pode, de fato, apontar para essa atividade não ser tão importante quanto você talvez originalmente havia pensado ser.

Cuide bem do seu bem estar quando estiver sob estresse

É comum querer avançar e colocar a vida em espera até que possamos lidar com a ansiedade que produz a situação ou fonte de estresse. Não permita que o estresse evita que você cuide de si mesmo. Todos nós precisamos comer de forma saudável, ter maneiras de relaxar e maneiras de fazer exercícios leves. Não diga a si mesmo que é ok negligenciar a sua saúde e bem estar. De fato, o caso é o oposto. É exatamente durante esses momentos em que você sente níveis mais elevados de estresse ou ansiedade, que o exercício e relaxamento são muito importantes. Não deixe o seu bem-estar em espera.

Use a ansiedade como uma oportunidade para o auto crescimento

Às vezes achamos difícil de aceitar os eventos como eles nos apresentam, simplesmente. Isto leva a sentimentos de estresse e ansiedade. Decida o que você pode controlar e o que você pode mudar. Deixe de lado o que te impede de simplesmente aceitar as coisas como elas realmente são. Seguir o fluxo pode parecer estressante até que você descubra a sensação libertadora de apenas permitir que as coisas sejam como elas são. Você não pode controlar o tempo, o tráfego, o comportamento de outras pessoas ou o resultado de muitos eventos. Permita que o estresse e a ansiedade sejam lembretes para deixar ir embora o desejo de estar sempre no controle. Tome uma abordagem flexível, uma vez que, sejamos honestos, você poderá sentir que está fazendo algo, mas ficar estressado terá absolutamente nenhum efeito sobre o resultado. Trabalhe duro para fazer as mudanças que são necessárias, mas não permita que os eventos governem como você se sente por dentro. Práticas como o Mindfulness ajudam a permanecer flexível em pensamento, e focado no que precisa ser alcançado.

A ansiedade não é sua inimiga

Não há problema em se sentir estressado às vezes, e também não há problema em estar preocupado com os aspectos da vida. Veja suas emoções como guias para ajudá-lo a fazer mudanças positivas. Respostas saudáveis para a ansiedade e o estresse acabam ouvindo seus pensamentos e ouvindo as mensagens do seu corpo. Se você se sentir preocupado, considere o que fazer. Ninguém gosta de se sentir preocupado ou ansioso. No entanto, não ignore esses sentimentos ou os suprima.

Você já usou um padrão de comportamento doentio ou viciante para evitar sentir-se ansioso ou preocupado? Fumar, beber muito álcool, usar drogas, zapear na frente da televisão, navegar pelo smartphone ou tablet, são exemplos de comportamentos muitas vezes utilizados para evitar lidar com sentimentos estressantes como a ansiedade. Você está sempre ocupado apenas por estar ocupado ou come demais quando se sente estressado? Observe todos os hábitos de comportamento insalubre comuns. Às vezes, podemos ficar viciados em coisas que inicialmente nos fazem sentir bem, como ir à academia ou fazer exercícios. Você já se exercitou demais como uma maneira de se sentir melhor sobre a sua ansiedade? Observe todos os hábitos que parecem um tanto desregrados. Este padrão pode existir justamente para ajudá-lo a evitar pensar sobre o medo ou a preocupação que precisa de atenção para ser resolvida. Encontre maneiras de relaxar que tornem sua mente relaxada e seu corpo calmo (e que sejam saudáveis também, claro).

Fonte: Lifehack

img

Laura Lopes

    Posts relacionados

    Como levar o dia-a-dia de uma forma mais positiva

    A pressa diária e os desafios que a vida apresenta pode tornar o dia de qualquer...

    Continue lendo
    por Nucleo P - Soluções Digitais

    Como programar a mente para eliminar os maus hábitos

    Maus hábitos tornaram-se tão arraigados no comportamento cotidiano das pessoas que, no final do...

    Continue lendo
    por Laura Lopes

    Como tornar-se mais criativo exercitando o cérebro 10 minutos por dia

    Por Brian Lee Eu tinha cerca de 6 anos de idade na época, e desenhei uma foto sobre mim e meus...

    Continue lendo
    por Laura Lopes

    Participe da discussão