Como encontrar um equilíbrio entre atividade e produtividade em um espaço de coworking

Como encontrar um equilíbrio entre atividade e produtividade em um espaço de coworking

No artigo “Podemos realmente trabalhar em pé?”, divulgado pela Officing Today, a autora Jo Disney levanta uma questão interessante: seria saudável investir em “estações para se trabalhar em pé”, em vez das tradicionais, em que nos mantemos sentados o tempo inteiro?

Trabalhar em pé não é um conceito totalmente novo, apenas um tema esquecido que pode estar pronto para um “revival” no mundo corporativo atual. O primeiro estudo sobre este tipo de estação de trabalho surgiu em 1953, quando um cientista escocês chamado Jerry Morris mostrou que cobradores de ônibus, que se movimentavam muito durante o dia, tinham menos ataques cardíacos que os motoristas, que trabalhavam sentados o dia todo. Esta é uma observação interessante de se analisar.

Sempre houve também aqueles que naturalmente encontraram uma solução para a falta de equilíbrio ao trabalhar sentado, ou de uma maneira que permaneceria parado por longos períodos de tempo, como era o caso dos escritores Ernest Hemmingway e Vladimir Nabokov, conhecidos por escreverem em pé.

Nosso desejo “natural” de sentar, na verdade, não é totalmente natural. Disney enfatiza isso em seu artigo, ao mencionar a alegação do cientista Dr. Buckley, para quem não é natural e saudável sentar-se por muito tempo. Até três horas por dia fariam uma enorme diferença, de acordo com Buckley. O cientista discute sua teoria mais detalhadamente no artigo da BBC “Stand up at office to lose weight” (“Levante-se no escritório para perder peso”), de Sean Coughlan.

É fato consumado que manter-se de pé queima mais calorias, portanto, um dos objetivos de “estações para se trabalhar de pé” (na tradução literal do termo, ou “standing workstations”, do original em inglês) seria para ajudar as pessoas a se manterem mais saudáveis. “Os trabalhos de escritório poderiam ajudar uma pessoa a perder peso e tornar-se um pouco mais saudável”, afirma Dr. Buckley”. Por outro lado, é claro que encontrar uma maneira de encontrar um equilíbrio entre exercício e produtividade não será tarefa fácil. Sentar-se é uma parte natural do trabalho de escritório, e é um hábito que “pode ser difícil de romper”, explica Disney, especialmente quando se trata de escrever emails, trabalhar no computador etc. Há atividades que quase sempre estão associadas a permanecer sentado o tempo todo.

“Um estudo anterior advertiu que o sedentarismo pode causar até mais mortes do que fumar”, escreveu Coughlan, em referência a um estudo sobre a obesidade. Mesmo apenas algumas horas por dia iriam melhorar drasticamente a saúde e, por consequência, também a produtividade do indivíduo. Parece que as “standing workstations” podem requerer algum tempo até que a pessoa se sinta confortável com elas, mas, assim como acontece com qualquer atividade física, uma vez que tenham se tornado parte de um dia de trabalho normal, a recompensa é grande.

Pequenos passos para uma vida saudável vêm com grandes recompensas, tais como perda de peso, melhor circulação, e um aumento na produtividade, de acordo com os artigos supramencionados. Em outro artigo escrito para a BBC News, o professor Stuart Biddle, da Universidade de Loughborough, é mencionado em um relatório realizado na Universidade, que analisou 18 estudos existentes sobre um estilo de vida sedentário e os efeitos negativos que pode ter sobre o corpo humano. “Podemos fazer reuniões em pé, podemos caminhar durante a pausa para o almoço, e podemos reduzir a passavidade do uso da TV à noite, buscando comportamentos menos sedentários”, diz o professor.

A Deskmag separou as dicas mais populares para você manter em mente e se manter saudável no trabalho. Claro … e de pé. Os benefícios de ter um lugar para ficar, embora ainda seja uma ideia em concepção, será muito gratificante a longo prazo. Apenas três horas por dia pode queimar até 144 calorias (o que, ao longo do tempo, podem chegar a uma perda maciça de 3,6 kg de gordura por ano, de acordo com Dr. Buckley).

Lembre-se de alongar

Se você está enrolado no trabalho, seja ele escrever, programar ou ilustrar, nenhum de nós possui um senso de atenção perfeito. É bom fazer uma pausa a cada 30 minutos, ou a cada hora. Se possível, e ainda melhor, saia para uma caminhada rápida. Beba um copo de água e deixe a sua mente arejar um pouco.

Descanse os olhos

Às vezes, depois de um dia todo sentado no trabalho, é surpreendente perceber o quão cansado realmente estamos. Portanto, é importante dar uma pausa para seus olhos, especialmente se o seu trabalho exige olhar para um monitor durante todo o dia. Em “10 Easy Ways to Stay Healthy at the Office” (“10 maneiras fáceis de se manter saudável no escritório”, sugere-se que o ideal é olhar para longe do monitor do computador por alguns instantes “a cada 15-30 minutos”.

Fique atento à sua postura

É fundamental ter uma cadeira confortável no trabalho, para apoiar bem as costas, pode mudar dramaticamente o modo como uma pessoa se sente ao final do dia.

Facilidades próximas ao espaço de coworking

Na Coworking Offices, por exemplo, o bairro é repleto de academias com opções de aulas de ginástica e musculação. Mas se houver alguma facilidade em especial que possa ser desenvolvida no próprio espaço, procure o gestor e proponha uma atividade que possa, além de exercitar corpo e mente, integrar antigos e novos coworkers.

Fonte: Deskmag

Deixe uma resposta

[index]
[index]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]