24h

7 dias

Rua Tenerife, 31 - 4º Andar

Vila Olímpia - São Paulo

(11) 3044-0710 / 3847-8920

[email protected]

Kickstarter e fracassos de empreendedores na analise do INC

O Kickstarter completou oito anos de idade hoje, e o INC aproveitou a data para analisar as campanhas do Kickstarter que geraram mais dinheiro para entender o que os empreendedores podem aprender com tudo isso.

Abaixo, algumas das campanhas do Kickstarter que levantaram mais dinheiro em todos os tempos:

Pebble (US$ 20,338,986)
Coolest Cooler (US$ 13,285,226)
Exploding Kittens (US$ 8,782,571)
Ouya (US$ 8,596,474)
Pono (US$ 6.225.354)

Kickstarter na analise do INC sobre empreendedores

Como esses empreendimentos conseguiram levantar fundos?

Pebble, um fabricante de smartwatches, foi à falência.

O console de jogo Ouya amargou vendas fracas e foi descontinuado.

O Pono, um serviço de mídia digital com player, aparentemente cessou as operações.

O Coolest Cooler é enviado a um número limitado de investidores, mas a empresa está sob investigação pelo Departamento de Justiça de Oregon por práticas comerciais ilegais.

Dos cinco, apenas um – o jogo de cartas Exploding Kittens – pode ser considerado um sucesso real, cumprindo todas as entregas em tempo hábil e depois expandindo para jogos mobile.

Fracassos ao competir com grandes empresas

As três falhas claras foram produtos eletrônicos de consumo lançados para competir com grandes empresas.

De fato, não teria como o Pebble ou o Pono assumir o lugar da Apple, ou ainda que o Ouya pudesse competir contra gigantes como Microsoft, Nintendo e Sony.

Além disso, os três produtos eram plataformas do tipo “chicken and egg”: para serem bem-sucedidas, elas precisavam atrair desenvolvedores de software e provedores de conteúdo, que não são suscetíveis de investir muito (ou quase nada) em uma plataforma até que a mesma já tenha sucesso no mercado.

Os problemas do Coolest Cooler eram diferentes. Essencialmente, os inventores subestimaram o custo final de manufatura do produto, tornando assim não lucrativo cumprir justamente os requisitos que faziam parte da campanha.

Esta dificilmente será a primeira vez que uma empresa perderá sua meta de custo de mercadorias.

O sucesso do Exploding Kittens ensina uma outra lição.

Primeiro, o produto era completamente autônomo e não exigia parcerias. Segundo, o custo para fabricar um jogo de cartas é incerto, então eles sabiam o quanto deveria custar.

Finalmente, e o mais importante, o Exploding Kittens funcionava perfeitamente na cultura pop como uma contrapartida dos vídeos “fofos” tão difundidos na web. O conceito se auto-promoveu, basicamente.

Isso traz outro aspecto do relativo sucesso e fracasso desses produtos. Exploding Kittens e, em menor grau, o Coolest Coolers, cada um possui uma marca que faz você sorrir e descrever o produto.

Em contraste, Pebble, Ouya e Pono não fazem nenhuma dessas coisas. Como nomes de marcas, eles são o que chamamos de “head scratchers”, no sentido de que não se tem ideia do que são até ouvir uma descrição deles.

Para empreendedores, as lições são claras e válidas, mesmo se você não estiver usando crowdfunding:

– Não tente competir com grandes empresas
– Não dependa de parceiros que não têm comprometimento
– Estime corretamente os custos de fabricação
– Tenha uma marca memorável e significativa
– Toque no zeitgeist.



Fonte: INC.com

#cwosp

img

Laura Lopes

Posts relacionados

Mercado Imobiliário em alta

O mercado imobiliário teve uma grande recuperação em 2019. Acima de tudo, existem fortes...

Continue lendo
por Coworking Offices

7 perguntas indispensáveis para viralizar vídeos de marketing no YouTube

Quer produzir vídeos de marketing bem persuasivos, onde os temas sejam tratados de forma fácil e...

Continue lendo
por Laura Lopes

Retrospectiva 2019 já com gostinho de 2020

Ufa, tá terminando 2019! E 2020 tem tudo para ser um grande ano! Afinal, 2019 foi o ano de...

Continue lendo
por Laura Lopes

Participe da discussão