24h

Todos os dias

Rua Tenerife, 31 - 4º Andar

Vila Olímpia - São Paulo

(11) 3044-0710 / 3847-8920

contato@cwosp.com.br

Comparar listagens

Pontos fortes e fracos: que tipo de líder você é?

Pontos fortes e fracos: que tipo de líder você é?

Pontos fortes x Pontos fracos: desenvolva sua liderança

Algumas pessoas são líderes natos. No entanto, nem todos os líderes funcionam pelo mesmo modus operandi.

É importante saber que tipo de líder você é, a fim de maximizar os seus pontos fortes, bem como o potencial de sua equipe ou empresa.

Você é um pensador criativo ou mais tradicional em seus métodos de resolução de problemas?

Você é do tipo que gosta de ter um planejamento sólido das coisas, ou prefere partir para a luta e consertar as coisas na hora?

Você age na emoção, ou através da lógica cuidadosamente pensada?

Dependendo de como você respondeu a essas perguntas, você provavelmente se enquadra em uma das seguintes categoria e tem pontos fortes e fracos na sua liderança:

O Visionário


O visionário está sempre sonhando com coisas grandes para a sua equipe.

Ele não é limitado por convenções. Quando os outros dizem que não podemos fazer as coisas dessa maneira, o visionário pergunta: “por que não?”.

Ele se aproxima de cada problema com uma perspectiva única, e pensa fora da caixa quando frente a uma tarefa especialmente difícil.

O visionário raramente encontra um problema que não possa resolver com a sua criatividade, esse um dos seus principais pontos fortes.

No entanto, podem surgir problemas quando o visionário pensa “grande demais”.

Suas ideias podem ser muito criativas, nas quais acaba utilizando muitos recursos, ou percebe que não pensou na solução até o fim.

A natureza idealista do visionário às vezes o torna cego sobre a realidade da situação, e ele fica literalmente “sonhando com a cabeça nas nuvens” enquanto o resto de sua equipe está trabalhando de uma maneira fundamentada para fazer as coisas.

Os visionários funcionam melhor como artistas, músicos, ou qualquer outra profissão em que o seu valor é determinado pela sua criatividade.

Se você é um visionário, você pode achar que é difícil trabalhar em uma posição em que tenha um orçamento e outras limitações que impeçam um dos seus pontos fortes mais marcantes: realizar sonhos.

O Analítico

O analítico é programado para olhar para todo e qualquer problema que enfrenta de forma sistemática.

Enquanto o visionário esperanças elevadas, e por vezes irreais para o futuro, o analítico permanece aterrado e vê as coisas como elas realmente são.

O analítico não perde tempo tentando reinventar a roda; em vez disso, ela assina o velho axioma: “se não está quebrado, não conserte”, a realidade é um dos seus pontos fortes.

Ele é mais feliz mantendo o curso das coisas, contanto que sejam feitas pelo da forma mais hábil possível pela equipe.

Claro, isso também significa que o analítico, diferentemente do visionário, raramente introduz inovação para a equipe.

O analítico tende a se coibir de novas formas de fazer as coisas, e é incrivelmente cético em relação àqueles que tentam ser criativos em suas soluções.

Infelizmente, uma vez que o analítico não é afeito a correr riscos, acaba correndo um risco maior de permitir que sua equipe e empresa fiquem para trás em relação à concorrência.

Advogados e juízes são, naturalmente, pensadores analíticos. Seus empregos os obrigam a trabalhar dentro da lei ao invés de fazê-lo como bem entenderem.

Eles não precisam reinventar a roda, mas em vez disso devem ter certeza que a máquina permanece à todo vapor.

O Emocional


O emocional, como sugere o nome, são líderes onde a emoção é um dos principais pontos fortes. Ele vê sua equipe como pessoas em primeiro lugar, e como funcionários em segundo lugar.

Ele é um líder compreensivo com as necessidades de sua equipe, e entende que uma boa equipe não pode funcionar se não forem satisfeitas suas necessidades básicas.

O emocional não será o chefe exigindo que seus funcionários entrem no sábado para terminar o trabalho que deveria ter sido feito na sexta-feira, porque ele entende que precisam de tempo para chegar na segunda de manhã com a cabeça tranquila.

No entanto, quando você é o líder de uma equipe, há momentos em que você não pode ser o melhor amigo de todos. O emocional muitas vezes tem problemas, quando as coisas não vão do jeito que deveriam ser.

Em um esforço para apaziguar todos, ele pode acabar prejudicando a empresa pela não execução de uma política “estritamente profissional” no local de trabalho.

O líder com perfil emocional é melhor para trabalhar como um conselheiro ou psiquiatra, já que é capaz de trabalhar com os outros em um nível pessoal e emocional ao invés de focar em negócios.

O Executor

O executor é estritamente orientado para resultados, independentemente do custo. De acordo com o executor, se algo precisa ser feito, é melhor ser feito imediatamente e sem hesitação.

Esse é mais notado dentre seus pontos fortes. O executor não perde tempo analisando possíveis soluções. Quando toma uma decisão, agarra-a com unhas e dentes e espera que todos os outros entrem na linha com ele.

Ao contrário do tipo emocional, o o líder executor pode querer que seus empregados venham no sábado, se o trabalho não for feito até sexta-feira.

Mas as decisões do executor nem sempre são as mais adequadas. Uma vez que tende a tomar decisões rápidas e entrar sorrateiramente em projetos, por muitas vezes tem como ponto negativo perder de vista o quadro geral.

Infelizmente, o executor também é muito rígido e preso em seus caminhos. Independentemente do seu plano inicial realmente funcionar ou não, será fiel a ele até o fim, e essa característica integra as listas de pontos fortes e fracos.

Isso pode resultar em uma queda no moral, especialmente quando o executor ignora os planos de contingência inovadores de seus funcionários.

Atletas são o epítome dos líderes do tipo executores. Eles sabem quais são seus objetivos, e eles sabem como realizá-lo com o melhor de sua capacidade.

Os melhores atletas nunca deixam ninguém ficar no caminho dos seus objetivos. A determinação é um dos pontos fortes mais destacados.

Fonte: Lifehack

Coworking Offices: Network & Conforto

Visite a Coworking Offices Vila Olímpia

Cuide das suas prioridades profissionais e deixe toda a burocracia de manter um escritório por nossa conta.

Alugue o seu novo escritório mobiliado coworking  bem aqui, no coração da Vila Olímpia, na Zona Sul de São Paulo!

A Coworking Offices uniu as vantagens do coworking, da melhor localização com serviços diferenciados e uma infraestrutura anteriormente disponível somente para grandes empresas.

 



 

img

Laura Lopes

    Posts relacionados

    5 Passos para uma Estratégia de Marketing de Conteúdo Bem Sucedida

    A ideia por trás da expressão “Marketing de Conteúdo” pode dar a impressão de que o...

    Continue lendo
    por Laura Lopes

    Aprendendo a Lidar com o Perfeccionismo

    Você sabe o que quer dizer a palavra perfeccionismo? Existem pessoas que possuem uma enorme...

    Continue lendo
    por Laura Lopes

    Como identificar nossos 8 mecanismos de defesa mais comuns?

    Ser rejeitado de um emprego que você queria muito. Um ambiente social no qual você não se sente...

    Continue lendo
    por Laura Lopes

    Participe da discussão