24h

7 dias

Rua Tenerife, 31 - 4º Andar

Vila Olímpia - São Paulo

(11) 3044-0710 / 3847-8920

contato@cwosp.com.br

Vale a pena alocar o RH de sua empresa em espaços de coworking?

Vale a pena alocar o RH de sua empresa em espaços de coworking?

Com um aumento expressivo do número de escritórios compartilhados, os espaços de coworking se tornaram uma excelente opção para empresas de segmentos variados.

O formato desse tipo de escritório surgiu para atender empresas e empreendedores que precisam de um local para trabalhar, sem que seja necessário arcar com os custos mensais de toda a infraestrutura de um estabelecimento.

Isso inclui os gastos com aluguel, contas e funcionários, o que muitas vezes pode ser dispensável para alguns tipos de negócios.

Então, o coworking nasce como uma solução bastante prática, que visa oferecer um local com as características de um espaço convencional, mas com a facilidade de se “dividir” os valores envolvidos na manutenção do espaço com outros empresários.

Por isso, muitas pessoas têm migrado para esses escritórios compartilhados, encontrando neles uma maneira simples e eficiente de utilizar um lugar apropriado para as suas atividades comerciais.

Outras instituições têm apostado na expansão dos seus departamentos, alugando um local em coworking, otimizando a dinâmica interna.

Mas será que vale a pena alocar um setor da sua empresa, como o de recursos humanos (RH), para esses locais? Siga a leitura deste artigo para entender mais sobre o assunto e tomar a sua decisão.

Como funciona a estrutura de um coworking?

Um coworking possui a mesma dinâmica de um escritório comercial completo, com a diferença de que ele atende diferentes empresas ao mesmo tempo.

Assim, pode ser que a pessoa que ocupa o espaço ao seu lado atue em uma área totalmente diferente da sua, mas que também utilize os mesmos recursos de que você precisa no seu negócio.

Por isso, um coworking conta com uma estrutura propícia para que você consiga atuar de modo eficiente, contando com os equipamentos próprios de uma empresa.

Normalmente, esses locais contam com:

  • Recepção;
  • Sala de reuniões;
  • Espaço de descanso;
  • Área para alimentação;
  • E muitas outras opções.

A estrutura de um coworking é totalmente pensada para oferecer as soluções que uma empresa precisa. 

Assim, atendimento telefônico, impressão a laser colorida, internet rápida e administração de correspondências são apenas algumas das facilidades encontradas nesses locais.

Os planos de locação disponíveis são customizados de acordo com a necessidade individual do locatário, que pode optar por aquele que mais se enquadra no seu perfil.

Coworkings temáticos

Hoje já é possível encontrar alguns espaços compartilhados desenvolvidos para públicos específicos.

Há coworkings que focam em diferentes empresários, por isso, eles estão localizados em pontos movimentados das cidades.

Outros exploram uma infraestrutura mais criativa, focando em alcançar empresas voltadas para design e arquitetura, por exemplo.

Existem, até mesmo, locais voltados para mães empreendedoras, com imóveis que comportam um espaço com monitoramento para as crianças, tornando a rotina ainda mais tranquila.

A depender do estilo do seu negócio, você pode encontrar coworkings que oferecem a infraestrutura mais adequada para o seu segmento de atuação, criando uma rede de empresários ligados à mesma área e incentivando parcerias vantajosas.

Por este motivo, pode ser necessário para a sua instituição apostar nessa estratégia, ou ao menos alocar algum dos seus departamentos como uma forma mais econômica de realizar uma expansão 

Os benefícios de utilizar um coworking para a sua empresa

Cada vez mais as empresas estão se beneficiando do formato oferecido pelos espaços compartilhados.

Se você trabalha com aluguel de stand para eventos, por exemplo, pode ser que um coworking atenda de maneira interessante suas necessidades.

Isso, porque com valores muitas vezes mais em conta do que manter uma locação de imóvel somente para a sua empresa, esses espaços possuem uma base completa para qualquer negócio.

A começar pela entrada. Em um coworking, há uma recepção única, que encaminha os visitantes para encontrar quem eles desejam no estabelecimento.

A estrutura de telefonia permite que você tenha um ramal específico, de modo que ao receber uma chamada de um comprador buscando por seus serviços, você pode atendê-lo diretamente na sua sala, passando um orçamento de ecobag para personalizar tranquilamente.

Há também quem precise realizar reuniões presenciais com os seus clientes, e que para isso precise recorrer a uma área específica esse fim.

Justamente para atender a esse tipo de demanda, os coworkings oferecem salas de reunião com os equipamentos necessários, para que você possa receber os seus convidados de maneira completa.

Outro benefício interessante nesse formato de escritório é que há encontros frequentes entre profissionais de segmentos diferentes, que podem iniciar uma parceria, fortalecendo o networking.

Nesse sentido, um empresário que atua na área de refeição corporativa e utiliza o coworking como seu escritório administrativo, pode facilmente encontrar o proprietário de uma empresa de eventos, possibilitando a criação de uma nova frente de negócio.

Sendo assim, mais do que um formato moderno de escritórios, o coworking se mostra uma alternativa bastante viável para empresas que desejam se estabelecer em um endereço, sem que precisem assumir altos custos para isso.

O coworking e a expansão de empresas

Existem empresas que precisam expandir as suas unidades, seja para abrir mais escritórios na mesma cidade, ou mesmo para crescer a nível nacional.

Com os coworkings é possível fazer isso mais facilmente, iniciando a atuação do seu estabelecimento em diferentes regiões do país.

Desse modo, um empresário pode se deslocar entre diferentes cidades e atender aos seus clientes em uma estrutura desenvolvida especialmente para isso.

Esse investimento não só aumenta a visibilidade do seu negócio, como também os seus resultados.

Com o surgimento do coworking, grande parte desse processo foi facilitado. A burocracia envolvida no aluguel de imóveis em outros estados do país pode ser facilmente contornada ao se optar pelos escritórios compartilhados.

Desse modo, não há a necessidade de investir altas quantias em um novo estabelecimento, comprando equipamentos e contratando vários profissionais.

Você pode alugar um coworking, oferecendo novos endereços do seu negócio em diversas cidades, optando pelo plano que mais fizer sentido para a sua empresa.

Expansão interna

Outro tipo de expansão se refere ao crescimento de uma empresa que precisa abrir novos departamentos internos.

Por uma limitação de espaço físico, o coworking surge como uma eficiente forma de aumentar a sua empresa e reorganizar o seu layout.

Como alguns imóveis podem ter limitações físicas para ampliar o negócio, escolher um espaço compartilhado para complementar o seu estabelecimento pode atender a sua necessidade.

Uma empresa de pintura predial, por exemplo, que deseja manter um local para armazenar os seus equipamentos e outro para atendimento ao público, pode optar por um coworking próximo de grandes centros, facilitando o acesso dos clientes.

A interação entre os dois ambientes pode ser feita de diversas formas, tais como a realização de reuniões por vídeo, ou mesmo optando pelos serviços de motoboy para entrega de documentos, fazendo com que a administração paralela dos dois endereços ocorra de modo tranquilo.

Isso torna bastante viável o crescimento interno do negócio, sem que seja preciso mudar o endereço do seu estabelecimento, e com uma ampliação financeiramente benéfica.

Mas afinal, vale a pena alocar o RH em um coworking?

Levando em consideração todos os benefícios mencionados neste artigo, alocar o RH da sua empresa em um coworking pode ser bastante vantajoso para o seu negócio.

Por ser uma área de atuação administrativa, o departamento de recursos humanos de uma empresa possui certa autonomia, sendo que muitos estabelecimentos contam com esse serviço em formato terceirizado.

Assim, alocar o setor em um coworking pode ser uma forma de organizar o seu layout, além de facilitar o processo de seleção e demissão de funcionários.

No processo de contratação, os candidatos para uma nova vaga da sua empresa podem ser entrevistados e passar pelas fases do processo diretamente no coworking.

Depois de aprovado, com a carta de admissão e todo o processo de contratação com assinatura e carimbo para empresa, o funcionário deve se dirigir sempre ao endereço para o qual ele foi admitido, sem que ele precise retornar ao coworking.

Do mesmo modo, nos procedimentos de desligamento, o colaborador deve comparecer ao endereço do RH da empresa, para que toda a documentação referente à demissão seja entregue, contando com a entrega de exame toxicológico demissional e a carteira de trabalho para baixa.

Nesse sentido, torna-se interessante alocar o RH em outro endereço, principalmente, para manter a discrição a respeito dos processos internos da sua empresa.

Como o setor de recursos humanos não precisa, necessariamente, estar no mesmo espaço onde a empresa atua, ele pode ser conduzido de maneira satisfatória mesmo em outro local.

Nesse sentido, sendo ele um dos departamentos mais autônomos dentro da estrutura empresarial, torna-se bastante vantajosa a opção de utilizar o coworking para alocar o seu setor de RH.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

img

Laura Lopes

Posts relacionados

O que se deve incluir em um modelo ideal de plano de negócios?

Todo o empreendedor deve ter em mente e em mãos um plano de negócios. Isso porque o próprio...

Continue lendo
por Laura Lopes

Participe da discussão

WhatsApp Chat
[index]
[index]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]
[523.251,659.255,783.991]