Conceito Coworking

citizenspace

Citizen Space: primeiro espaço de conceito coworking do mundo, criado em São Francisco. Foto: Creative Commons

Conceito Coworking

Conceito coworking está diretamente relacionado com a imagem que usamos para definir os empreendedores sociais.

Empreendedores são pessoas com motivações peculiares: enxergam oportunidades onde elas aparentemente não existem – pelo menos para a maioria das outras pessoas.

Eles adivinham tendências, correm riscos, materializam ideias.

A Coworking Offices oferece o meio físico ideal para que esses profissionais convivam, empreendam e aumentem seu leque de possibilidades.

Isso sem precisar despender esforço e tempo na administração operacional de um escritório, que é valioso como ambiente de negócios, mas estressante para quem só deseja um espaço para trabalhar e colocar em práticas suas ideias inovadoras.

Na Coworking Offices você encontrará um lugar aberto à colaboração e inspiração para novos negócios.

Dentro do conceito coworking, oferecemos um grande escritório mobiliado, com salas  privativas, estações de trabalho exclusivas e salas  de reunião.

Outras vantagens importantes são a localização na Vila Olímpia,  o acesso 24h, uma recepção personalizada, infraestrutura completa, e claro, uma copa e cozinha com uma máquina Jura para garantir o melhor café expresso.

Nossos coworkers incluem startups, advogados, engenheiros de software, desenvolvedores web e profissionais liberais, entre outras categorias de serviços.

Muitos trabalham em tempo integral, outros em horários completamente adaptados às necessidades de  seus clientes.

Um pouco de história

O termo coworking, o próprio conceito coworking,  foi cunhado em 1999 por Bernie Dekoven, escritor e designer de games norte-americano, para descrever um certo tipo de trabalho colaborativo suportado pelas novas tecnologias baseadas em computador.

Anos mais tarde, Brad Neuberg criou a “Hat Factory”, em São Francisco, uma espécie de loft onde residiam três profissionais da área de tecnologia que abriam o local durante o dia para outros profissionais que desejassem trabalhar e interagir com eles utilizando o espaço como um escritório colaborativo.

Alguns espaços de coworking foram desenvolvidos por empreendedores web nômades que buscavam uma alternativa de espaço de trabalho que não fossem somente em cybercafes, ou ao isolamento de escritórios independentes ou suas próprias casas.

Em termos demográficos, a maioria dos coworkers entram na faixa de 20 e 30 e poucos anos, com uma idade média de 34 anos. Dois terços são homens, enquanto um terço são mulheres. Quatro em cada cinco começaram a carreira com uma formação universitária.

A maioria trabalha em indústrias criativas ou de novas mídias. Pouco mais da metade são trabalhadores independentes.

No entanto, a participação de empregados assalariados tem alterado essas estatísticas, dado o aumento do interesse de grandes empresas em experimentar o coworking, especialmente nos EUA, onde 35% dos coworkers são empregados assalariados.